quarta-feira, 21 de junho de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1937

pesquisa de Claudio Falcão

Temos adiante duas imagens de formações do Botafogo no ano de 1937, sendo que não consegui identificar em que partidas estiveram em ação.

(Imagem: A Noite)

(Imagem: Diário Carioca)

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1936

pesquisa de Claudio Falcão

De início temos duas imagens do elenco do Botafogo que excursionou no primeiro semestre de 1936 pela América do Norte.

(Reprodução fotográfica)

(Imagem: Gazeta de Notícias)

E a seguir, uma formação do Glorioso que competiu em partida do campeonato carioca daquele ano.

(Imagem: Correio da Manhã)

domingo, 11 de junho de 2017

Goleiros Estrangeiros no Botafogo

pesquisa de Claudio Falcão

Temos aqui a relação dos sete goleiros estrangeiros, todos sul-americanos, que já defenderam a meta da equipe principal de futebol do Botafogo.

'Gatito' Fernández na partida contra o Olimpia (PAR) - 22/02/2017
(Foto: Lance!)

‘Gatito’ Fernández (Roberto Júnior Fernández Torres) – paraguaio (2017) – veio do Figueirense F.C. (SC).

Castillo (Juan Guillermo Castillo Iriart) – uruguaio (2008-2009) – veio do C.A. Peñarol (URU). Campeão da Taça Rio (2008).

Niño (Eduardo Niño García) – colombiano (1993) – veio do America de Cali (COL).

Álvez (Fernando Harry Álvez Mosquera) – uruguaio (1987-1988) – veio do Independiente Santa Fe (COL).

Pereyra Natero (Flabio Pereyra Natero) – uruguaio (1956-1957) – veio do C. Cerro Porteño (PAR).

Lugano (Hector Juan Carlos Lugano) – argentino (1955) – veio do Guarany F.C., de Bagé (RS).

Noceda (Rubén Noceda) – paraguaio (1954) – veio do C. Presidente Hayes (PAR). Atuou somente por vinte minutos em uma partida amistosa.

Nota: Com relação ao goleiro Coggin (Ernest Harold Coggin), que foi campeão carioca pelo Botafogo em 1910, sem dúvida de origem britânica, fica-se na incerteza se seria de fato inglês de nascimento, visto que a 13/05/1908 atuou na meta de um “team brasileiro” que derrotou por 6 a 0, em jogo beneficente, um combinado de jogadores ingleses que atuavam na LMSA (Liga Metropolitana de Sports Athleticos), fazendo crer, portanto, que era brasileiro.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1935

pesquisa de Claudio Falcão

Chegamos ao ano de 1935, e aqui o leitor tem uma formação do Botafogo que não nos foi possível identificar em que partida interveio.

Na imagem identificamos, da esquerda para a direita, em pé:
Leônidas da Silva (o 2º), Russinho (o 4º) e Nariz (o 7º);
agachados: Canalli, Alberto, Carvalho Leite e Patesko
(foto: acervo do Botafogo F.R.)

E adiante temos a equipe do Glorioso na ocasião em que se sagrou tetracampeã carioca, ao derrotar por 5 a 4 a representação do Andarahy A.C., em São Januário, em 26/01/1936 (campeonato carioca de 1935), marcando Álvaro (2), Patesko, Carvalho Leite e Russinho para o Botafogo: Alberto, Octacílio e Nariz; Affonso (Luciano), Martim e Canalli; Álvaro, Leônidas da Silva (Viveiros), Carvalho Leite, Russinho e Patesko.

(Imagem: O Jornal)

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1934

pesquisa de Claudio Falcão

Segue a equipe do Botafogo, que a 01/04/1934 conquistou o Torneio Início da AMEA, atuando no campo do Andarahy A.C.: Germano, Vicente e Orlando Serpa; Affonso, Waldyr e Long; Átila, Beijinho (Eloy), Carvalho Leite, Jayme e Pirica.

(Imagem: O Jornal)

Já tricampeão carioca pela AMEA, eis a formação do Glorioso que em São Januário, a 09/12/1934, adotando oficialmente os calções negros, empatou em 1 a 1, em partida amistosa, com o C.R. Vasco da Gama, campeão pela Liga Carioca, marcando Carvalho Leite para o Botafogo: Victor, Sylvio e Nariz; Ariel, Martim (Fernando Giudicelli) e Canalli; Álvaro, Waldemar, Carvalho Leite, Nilo e Patesko.

(Imagem: O Globo)

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Há 90 Anos: Botafogo 9 x 2 Rubro-Negro

pesquisa de Claudio Falcão

(Manchete de 1ª página do jornal 'O Paiz', 30-31/05/1927)

Aspecto da fabulosa assistência
(imagem: revista 'O Malho')

Na data de hoje, a maior goleada havida em partidas de futebol entre dois tradicionais adversários do Rio de Janeiro, Botafogo 9 x 2 C.R. Flamengo, completa noventa anos.

Partida válida pelo turno do campeonato carioca, realizada no campo do Rubro-negro, já apontava, ao final do primeiro tempo, o placar de 7 a 1.

Da esquerda para a direita, em pé: Neiva, Almo, Neco, Ariza, Jerônimo,
Nilo, Claudionor e Octacílio; agachados: Pamplona, Couto e Rogério

(Imagem: revista 'O Malho')

(Imagem: revista 'Careta')

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.C. 9 x 2 C.R. FLAMENGO
Data: 29/05/1927
Local: Campo da Rua Paissandu
Árbitro: Newton de Castro Menezes
Competição: Campeonato Carioca (1º turno)
Gols: 1º tempo (7 x 1) – Ariza (2), aos 11’ e aos 23’; Joãozinho, aos 13’; Nilo (3), aos 14’, aos 30’ e aos 40’; Neco (de pênalti), aos 16’ e Moderato, aos 28’; final (9 x 2) – Nilo, aos 7’; Frederico e Joãozinho
Botafogo: Neiva, Couto e Octacílio; Pamplona (Jerônimo), Almo e Rogério; Ariza, Neco, Nilo, Joãozinho e Claudionor
Flamengo: Egberto, Hermínio e Hélcio; Benevenuto, Frederico e Flávio; Christolino, Pastor, Fragoso, Angenor (Japonês) e Moderato

[Fontes: A Noite, O Paiz e ‘O Futebol no Botafogo (1904-1950)’, de Alceu Mendes de Oliveira Castro.]

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Mesmo com Derrota para o Estudiantes, Botafogo foi o 1º no Grupo 1

por Claudio Falcão


Valeu a torcida até o final da rodada, pois, beneficiado pela derrota de 3 a 1 do Barcelona (EQU) para o Atlético Nacional (COL), o Botafogo, mesmo sendo derrotado por 1 a 0 pelo Estudiantes (ARG) na noite desta quinta-feira em Quilmes, colocou-se em primeiro lugar no grupo 1 da Copa Libertadores da América de 2017.

O Alvinegro sentiu a falta de dois importantes jogadores, Camilo (poupado, devido a desgaste físico) e Rodrigo Pimpão (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), não desenvolvendo um bom futebol, muito embora no segundo tempo tenha sido mais incisivo na tentativa de empatar o confronto.

E com os mesmos dez pontos que o Atlético Nacional, o desempate do 1º lugar se deu pelo saldo de gols, 1 a 0 em favor do Botafogo.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 0 x 1 C. ESTUDIANTES DE LA PLATA (ARG)
Data: 25/05/2017
Local: Estádio Centenário, Quilmes (Argentina)
Arbitragem: Eduardo Gamboa (CHI), auxiliado por Marcelo Barraza e Claudio Ríos
Renda / Público: não divulgados
Gol: Solari, aos 24’ (1º tempo)
Cartões amarelos: Victor Luís, Ígor Rabello, João Paulo e Joel (Botafogo); Aguirregaray (Estudiantes)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Ígor Rabello e Victor Luís (Fernandes); Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense), Bruno Silva, João Paulo (Joel) e Gílson; Guilherme e Roger. Técnico: Jair Ventura
Estudiantes: Andújar, Facundo Sánchez (Aguirregaray), Bazzana, Desábato e Diarte; Braña, Verón (Damonte), Solari e Cascini; Otero e Javier Toledo (Umeres). Técnico: Nelson Vivas

[Fontes: Lance! e http://www.conmebol.com/.]

terça-feira, 23 de maio de 2017

Botafogo contratou Marcelinho para a Disputa da Taça Ouro de Voleibol 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Imagem: site oficial do Botafogo F.R.)

O Botafogo acertou a contratação do campeoníssimo levantador Marcelinho Elgarten para a disputa da Taça Ouro de Voleibol de 2017, competição que será iniciada em agosto próximo e que dará ao vencedor uma vaga na Superliga A 2017/2018, a elite do voleibol brasileiro.

Marcelo Elgarten nasceu no Rio de Janeiro (RJ) a 9 de novembro de 1974, tendo atuado seguidamente por importantes equipes do voleibol nacional e internacional: Report Suzano/SP, Olympikus/SP, Iveco Palermo (ITA), CR Vasco da Gama, SC Ulbra/RS, Unisul/SC, Panathinaikos (GRE), CIMED/SC, EC Pinheiros, Sisley Treviso (ITA), Minas TC, SESI/SP, Lugano (SUI) e agora o Botafogo FR.

Pela seleção brasileira Marcelinho foi campeão mundial (Tóquio-2006), campeão da Copa do Mundo (Japão-2007), cinco vezes campeão da Liga Mundial (2001-2004-2005-2006-2007) e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Rio-2007, dentre outros títulos.

Atleta olímpico (Sidney-2000 e Pequim-2008), foi medalha de prata na edição de 2008.

A apresentação se deu na manhã desta terça-feira no Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano).

(Foto: twitter Botafogo Oficial)

Seja bem-vindo, Marcelinho, e boa sorte a ele e à equipe botafoguense na Taça Ouro 2017!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Estamos nas Oitavas: Botafogo 1 x 0 Atlético Nacional

por Claudio Falcão


Uma clara oportunidade de gol perdida por Roger, ao acertar a trave logo aos três minutos de jogo, deixou apreensivos os torcedores alvinegros, mas com um passe preciso de Rodrigo Lindoso para a conclusão em gol de Rodrigo Pimpão, aos cinco minutos da etapa final, o Botafogo derrotou por 1 a 0 o Atlético Nacional (COL), na noite desta quinta-feira, no Estádio Nílton Santos.

Não foi na técnica, mas na aplicação tática, no empenho e na luta constante, que conseguimos alcançar esta vitória.

Com este resultado o Glorioso conquistou, com uma rodada de antecipação, a desejada classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América de 2017.

(Foto: Vítor Silva/SS Press/Botafogo)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 0 C. ATLÉTICO NACIONAL (COL)
Data: 18/05/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Victor H. Carrillo (PER), auxiliado por Coty Carrera e Jorge Yupanqui
Renda: R$1.252.810,00 / Público: 30.813 pagantes e 33.317 presentes
Gol: Rodrigo Pimpão, aos 5’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Rodrigo Pimpão (Botafogo); Henríquez (Atlético Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Ígor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Dudu Cearense); Rodrigo Pimpão (Gílson) e Roger (Guilherme). Técnico: Jair Ventura
Atlético Nacional: Armani, Bocanegra, Cuesta, Henríquez e Díaz; Ramírez (Ruiz), Arias e Macnelly Torres; Quiñones (Nieto), Dayro Moreno e Ibargüen. Técnico: Reinaldo Rueda

[Fontes: Lance! e Extra.]

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Uma Formação do Botafogo em 1933

pesquisa de Claudio Falcão

O ano de 1933, no qual o então Botafogo F.C. sagrou-se bicampeão carioca pela AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos), foi marcado por uma grande escassez de imagens da equipe alvinegra.

A única foto que localizei, comprovadamente daquele ano, é a que ilustra esta postagem.

Trata-se da formação do Botafogo, já bicampeão do Rio de Janeiro, que em General Severiano, a 15/11/1933, derrotou por 5 a 1 o selecionado paulista, tendo marcado Átila (2), Pirica, Carvalho Leite e Nilo para o Glorioso: Victor, Teté e Rogério; Affonso, Ariel e Pamplona; Átila, Nilo, Carvalho Leite, Jayme e Pirica.

(Imagem: Diário da Noite)

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Botafogo é derrotado pelo Barcelona no Nílton Santos

por Claudio Falcão


Mais uma vez a torcida fez uma festa maravilhosa, porém na noite desta terça-feira, jogando em casa, o Botafogo foi derrotado por 2 a 0 pelo Barcelona (EQU), perdendo a liderança do seu grupo na Copa Libertadores.

Certamente a mudança do esquema tático foi determinante para o insucesso do Alvinegro, pois a escalação da equipe com três atacantes expôs demais nossa defesa, que não teve como conter os velozes atacantes equatorianos.

Em suma, enfrentando o mesmo adversário, saímos da melhor para a pior atuação na competição, num intervalo de duas semanas.

E os prognósticos para a próxima partida não são os melhores, pois além de termos perdido Emerson Silva e Camilo por contusão, substituídos ainda no intervalo, teremos dois jogadores afastados do confronto seguinte, por acúmulo de cartões amarelos, casos de Aírton e Marcelo.

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 0 x 2 BARCELONA S.C. (EQU)
Data: 02/05/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Mario Díaz de Vivar (PAR), auxiliado por Milcíades Saldívar e Carlos Cáceres
Renda e Público: R$1.520.630,00 / 31.435 pagantes e 34.034 presentes
Gols: Ayoví, aos 6’ e Álvez, aos 23’ (1º tempo)
Cartões amarelos: Aírton, Marcelo Rodrigo Pimpão (Botafogo); Velasco, Calderón e Pineida (Barcelona)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Emerson Silva (Marcelo) e Victor Luís; Aírton (Fernandes), João Paulo e Camilo (Roger); Rodrigo Pimpão, Sassá e Guilherme. Técnico: Jair Ventura
Barcelona: Banguera, Valencia (Erick Castillo), Aimar, Arreaga e Pineida; Gabriel Marques, Calderón (Segundo Castillo), Velasco e Alemán (Ariel Nahuelpán); Ayoví e Álvez. Técnico: Guillermo Almada

[Fontes: Lance! e www.conmebol.com.] 

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1932

pesquisa de Claudio Falcão

Temos aqui a formação do Glorioso que empatou em 1 a 1 com o Fluminense F.C., em General Severiano, a 29/05/32, pelo primeiro turno do campeonato carioca, gol de Álvaro para o Alvinegro: Victor, Benedicto e Rodrigues; Affonso, Martim e Canalli; Álvaro, Almir (Paulinho), Carvalho Leite, Nilo e Moura Costa (Celso).

Da esquerda para a direita, em pé: Benedicto, Almir, Ariel, Nilo,
Moura Costa, Rodrigues e Affonso; agachados: Álvaro,
Carvalho Leite, Canalli e Victor
(imagem: revista 'Careta')

Segue mais uma formação do Botafogo em 1932, que, no entanto, não nos foi possível identificar em que partida interveio.

(Imagem: A Noite)

Derrotando a 02/10/1932 o Bonsucesso F.C. por 5 a 4, no campo deste, o Botafogo conquistava por antecipação o título de campeão carioca daquele ano, gols de Nilo (4) e Paulinho para o Glorioso, que formou assim: Victor, Benedicto e Rodrigues; Ariel, Martim e Canalli; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite (Almir), Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Rodrigues, Victor, Benedicto, Canalli,
Paulinho, Carvalho Leite, Ariel, Nilo, Martim, Celso e Álvaro
(imagem: Revista da Semana)

Concluímos com mais uma imagem do Botafogo, já campeão carioca, que derrotou a equipe do Andarahy A.C.  por 2 a 0, em General Severiano, a 16/10/1932, na despedida da competição, gols de Paulinho e Carvalho Leite, formando assim: Victor, Rogério e Rodrigues; Affonso, Martim e Canalli; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Victor, Carvalho Leite, Canalli, Martim,
Rogério, Álvaro, Paulinho, Rodrigues, Almir, Ariel, Nilo, Affonso e Celso

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Botafogo e Barcelona empataram em Guayaquil: 1 a 1

por Claudio Falcão


Ao jogar na noite desta quinta-feira em Guayaquil, Botafogo e Barcelona (EQU) ficaram no empate em 1 a 1.

Com uma boa atuação do Alvinegro, talvez a melhor dele na competição, até o momento, perdendo claras oportunidades de gol, a começar por um pênalti desperdiçado por Camilo aos dois minutos do primeiro tempo, alcançou o empate através de Sassá, também em cobrança de penalidade máxima, a poucos minutos do final do jogo.

Assim o Glorioso manteve-se na liderança do seu grupo na Copa Libertadores da América de 2017.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 1 BARCELONA S.C. (EQU)
Data: 20/04/2017
Local: Estádio Monumental, Guayaquil (Equador)
Árbitro: Jesús Valenzuela Sáez (VEN)
Renda e Público: não divulgados
Gols: Alemán, aos 31’ (1º tempo) e Sassá (pênalti), aos 43’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Emerson Silva, Bruno Silva e João Paulo (Botafogo); Mena, Pineida e Arreaga (Barcelona)
Cartão vermelho: Mena, aos 34’ (2º tempo)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson (Fernandes), Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso (Guilherme), Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Barcelona: Banguera, Velasco, Aimar, Mena e Pineida; Gabriel Marques, Calderón, Esterilla, Caicedo (Ayoví) e Alemán (Ariel Nahuelpán); Álvez (Arreaga). Técnico: Guillermo Almada

[Fontes: Lance! e Extra.]

domingo, 16 de abril de 2017

Títulos do Botafogo no Voleibol Adulto Feminino

pesquisa de Claudio Falcão

Atletas do primeiro título: Campeonato Carioca 1939
(imagem: Boletim do Botafogo)

Segue a relação atualizada dos títulos conquistados pelo Botafogo no voleibol adulto feminino.

COMPETIÇÕES OFICIAIS:

CAMPEONATO CARIOCA/ESTADUAL [8] – 1939-1940 (bi), 1946-1947-1948 (tri), 1950, 1964, 1995

TORNEIO DE APRESENTAÇÃO DO CAMPEONATO CARIOCA [6] – 1940, 1945, 1948-1949 (bi), 1965-1966 (bi)

TORNEIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO [1] – 1948

COPA RIO [1] – 2015

Comemoração da conquista mais recente: Copa Rio 2015
(imagem: site oficial do Botafogo F.R.)

EXTRAS:

JOGOS ABERTOS DE CAMBUQUIRA [2] – 1948, 1961

JOGOS DA PRIMAVERA [2] – 1962, 1976

Nota: leia mais em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/03/o-botafogo-no-voleibol-adulto-feminino.html.

[Fontes: ‘Grandes Clubes Brasileiros’ – Botafogo (1972); Revista Botafogo  Boletim Informativo do BFR e Jornal dos Sports.]

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Vitória do Botafogo sobre o Atlético Nacional pela Libertadores

por Claudio Falcão


Jogando na noite desta quinta-feira em Medellín, o Botafogo derrotou por 2 a 0 o Atlético Nacional (COL), gols de Camilo e Guilherme, pela Copa Libertadores da América, mantendo-se na liderança do grupo 1 juntamente com seu próximo adversário, o Barcelona (EQU).

Foi uma boa vitória do Alvinegro sobre o atual campeão da mais importante competição do nosso continente, ainda mais com os desfalques de dois importantes jogadores titulares, Aírton e Montillo, por contusão.

(Imagem: site oficial do C. Atlético Nacional)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 0 C. ATLÉTICO NACIONAL (COL)
Data: 13/04/2017
Local: Estádio Atanasio Girardot, Medellín (Colômbia)
Árbitro: Ulises Mereles (PAR)
Renda: não divulgada / Público: 40.638 presentes
Gols: Camilo, aos 38’ (1º tempo) e Guilherme, aos 47’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Gatito Fernández, Emerson e Sassá (Botafogo); Macnelly Torres (Atlético Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Fernandes); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Atlético Nacional: Armani, Bocanegra, Nájera (Dájome), Henríquez e Díaz; Arias, Bernal (Ramírez) e Macnelly Torres; Dayro Moreno (Mosquera), Ibargüen e Ruiz. Técnico: Reinaldo Rueda

[Fontes: Lance! e Extra.]

sábado, 8 de abril de 2017

O Botafogo na Superliga B de Voleibol Masculino 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ainda não foi desta vez que o Botafogo conseguiu sua classificação para a Superliga de Voleibol Masculino. Jogando neste sábado no ginásio da Hebraica (Laranjeiras – Rio de Janeiro), o Alvinegro foi derrotado por 3 sets a 1 pelo SESC/RJ, dando adeus ao título da Superliga B de 2017.

Nova oportunidade deverá acontecer no próximo mês de setembro, quando ocorrerá a disputa da Taça Ouro, cujo campeão terá acesso à Superliga 2017/2018.

Resultados do Botafogo:

Primeira fase

07/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 ASPMA/Araucária/Berneck (PR) (26x24, 25x22 e 25x14)
14/01 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 0 Botafogo (25x20, 32x30 e 25x16)
21/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 1 x 3 APAN/Barão/Blumenau (SC) (20x25, 25x15, 20x25 e 26x28)
28/01 – Dom Bosco (Campo Grande – MS) – Rádio Clube/AVP (MS) 0 x 3 Botafogo (17x25, 14x25 e 16x25)
04/02 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 2 x 3 Jaó/Universo (GO) (18x25, 25x21, 23x25, 29x27 e 9x15)
11/02 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 22x25, 25x20 e 25x13)
04/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 Alfa/Montecristo/Teuto (GO) (25x17, 25x23 e 29x27)
11/03 – Arena Minas (Belo Horizonte – MG) – Uberlândia Gabarito 0 x 3 Botafogo (18x25, 20x25 e 17x25)

Obs.: O Botafogo classificou-se em 4º lugar nesta fase, com 13 pontos ganhos.

Quartas de final

19/03 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 2 Botafogo (25x17, 25x19, 29x31, 25x27 e 15x8)
25/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x22, 25x15 e 25x17)
27/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x21, 25x22 e 25x15)

Semifinais

01/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 0 x 3 SESC/RJ (21x25, 22x25 e 16x25)
08/04 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 23x25, 25x20 e 25x22)

Elenco:

1 – Maurício Inácio da Cunha Júnior (capitão)
2 – Filipe Stolberg Teixeira de Carvalho (líbero)
3 – Paulo Vítor Valente Vasquez de Oliveira
4 – Gustavo Heidrich
5 – Sílvio Sátiro dos Santos
6 – Pedro Vítor Tavares de Andrade (Pedrinho)
7 – Eduardo Genehr Luchese
8 – Alex Henrique Veras Damião
9 – Renan Fernando Martins Ribeiro
10 – Pedro Henrique Gomes da Silva (Pedrão)
11 – Felipe Gomes Terra
12 – Danilo Cruz de Carvalho (Danilão)
13 – Vítor Santos Gelli Dias
14 – Legran (“James”) Sizervincio Machado
15 – Filipi Rodrigues
16 – João Vítor Redin Bringmann
17 – Rogério Lintz Leite Medeiros Nogueira (Mineiro)
18 – Najari Fernandes Oliveira
19 – Symon Thales Silva de Lima
20 – Tiago Felipe Windmoller

Técnico: Mauro Lima.

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBV.]