terça-feira, 23 de maio de 2017

Botafogo contratou Marcelinho para a Disputa da Taça Ouro de Voleibol 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Imagem: site oficial do Botafogo F.R.)

O Botafogo acertou a contratação do campeoníssimo levantador Marcelinho Elgarten para a disputa da Taça Ouro de Voleibol de 2017, competição que será iniciada em agosto próximo e que dará ao vencedor uma vaga na Superliga A 2017/2018, a elite do voleibol brasileiro.

Marcelo Elgarten nasceu no Rio de Janeiro (RJ) a 9 de novembro de 1974, tendo atuado seguidamente por importantes equipes do voleibol nacional e internacional: Report Suzano/SP, Olympikus/SP, Iveco Palermo (ITA), CR Vasco da Gama, SC Ulbra/RS, Unisul/SC, Panathinaikos (GRE), CIMED/SC, EC Pinheiros, Sisley Treviso (ITA), Minas TC, SESI/SP, Lugano (SUI) e agora o Botafogo FR.

Pela seleção brasileira Marcelinho foi campeão mundial (Tóquio-2006), campeão da Copa do Mundo (Japão-2007), cinco vezes campeão da Liga Mundial (2001-2004-2005-2006-2007) e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Rio-2007, dentre outros títulos.

Atleta olímpico (Sidney-2000 e Pequim-2008), foi medalha de prata na edição de 2008.

A apresentação se deu na manhã desta terça-feira no Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano).

(Foto: twitter Botafogo Oficial)

Seja bem-vindo, Marcelinho, e boa sorte a ele e à equipe botafoguense na Taça Ouro 2017!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Estamos nas Oitavas: Botafogo 1 x 0 Atlético Nacional

por Claudio Falcão


Uma clara oportunidade de gol perdida por Roger, ao acertar a trave logo aos três minutos de jogo, deixou apreensivos os torcedores alvinegros, mas com um passe preciso de Rodrigo Lindoso para a conclusão em gol de Rodrigo Pimpão, aos cinco minutos da etapa final, o Botafogo derrotou por 1 a 0 o Atlético Nacional (COL), na noite desta quinta-feira, no Estádio Nílton Santos.

Não foi na técnica, mas na aplicação tática, no empenho e na luta constante, que conseguimos alcançar esta vitória.

Com este resultado o Glorioso conquistou, com uma rodada de antecipação, a desejada classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América de 2017.

(Foto: Vítor Silva/SS Press/Botafogo)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 0 C. ATLÉTICO NACIONAL (COL)
Data: 18/05/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Victor H. Carrillo (PER), auxiliado por Coty Carrera e Jorge Yupanqui
Renda: R$1.252.810,00 / Público: 30.813 pagantes e 33.317 presentes
Gol: Rodrigo Pimpão, aos 5’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Rodrigo Pimpão (Botafogo); Henríquez (Atlético Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Ígor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Dudu Cearense); Rodrigo Pimpão (Gílson) e Roger (Guilherme). Técnico: Jair Ventura
Atlético Nacional: Armani, Bocanegra, Cuesta, Henríquez e Díaz; Ramírez (Ruiz), Arias e Macnelly Torres; Quiñones (Nieto), Dayro Moreno e Ibargüen. Técnico: Reinaldo Rueda

[Fontes: Lance! e Extra.]

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Uma Formação do Botafogo em 1933

pesquisa de Claudio Falcão

O ano de 1933, no qual o então Botafogo F.C. sagrou-se bicampeão carioca pela AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos), foi marcado por uma grande escassez de imagens da equipe alvinegra.

A única foto que localizei, comprovadamente daquele ano, é a que ilustra esta postagem.

Trata-se da formação do Botafogo, já bicampeão do Rio de Janeiro, que em General Severiano, a 15/11/1933, derrotou por 5 a 1 o selecionado paulista, tendo marcado Átila (2), Pirica, Carvalho Leite e Nilo para o Glorioso: Victor, Teté e Rogério; Affonso, Ariel e Pamplona; Átila, Nilo, Carvalho Leite, Jayme e Pirica.

(Imagem: Diário da Noite)

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Botafogo é derrotado pelo Barcelona no Nílton Santos

por Claudio Falcão


Mais uma vez a torcida fez uma festa maravilhosa, porém na noite desta terça-feira, jogando em casa, o Botafogo foi derrotado por 2 a 0 pelo Barcelona (EQU), perdendo a liderança do seu grupo na Copa Libertadores.

Certamente a mudança do esquema tático foi determinante para o insucesso do Alvinegro, pois a escalação da equipe com três atacantes expôs demais nossa defesa, que não teve como conter os velozes atacantes equatorianos.

Em suma, enfrentando o mesmo adversário, saímos da melhor para a pior atuação na competição, num intervalo de duas semanas.

E os prognósticos para a próxima partida não são os melhores, pois além de termos perdido Emerson Silva e Camilo por contusão, substituídos ainda no intervalo, teremos dois jogadores afastados do confronto seguinte, por acúmulo de cartões amarelos, casos de Aírton e Marcelo.

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 0 x 2 BARCELONA S.C. (EQU)
Data: 02/05/2017
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Mario Díaz de Vivar (PAR), auxiliado por Milcíades Saldívar e Carlos Cáceres
Renda e Público: R$1.520.630,00 / 31.435 pagantes e 34.034 presentes
Gols: Ayoví, aos 6’ e Álvez, aos 23’ (1º tempo)
Cartões amarelos: Aírton, Marcelo Rodrigo Pimpão (Botafogo); Velasco, Calderón e Pineida (Barcelona)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Emerson Silva (Marcelo) e Victor Luís; Aírton (Fernandes), João Paulo e Camilo (Roger); Rodrigo Pimpão, Sassá e Guilherme. Técnico: Jair Ventura
Barcelona: Banguera, Valencia (Erick Castillo), Aimar, Arreaga e Pineida; Gabriel Marques, Calderón (Segundo Castillo), Velasco e Alemán (Ariel Nahuelpán); Ayoví e Álvez. Técnico: Guillermo Almada

[Fontes: Lance! e www.conmebol.com.] 

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1932

pesquisa de Claudio Falcão

Temos aqui a formação do Glorioso que empatou em 1 a 1 com o Fluminense F.C., em General Severiano, a 29/05/32, pelo primeiro turno do campeonato carioca, gol de Álvaro para o Alvinegro: Victor, Benedicto e Rodrigues; Affonso, Martim e Canalli; Álvaro, Almir (Paulinho), Carvalho Leite, Nilo e Moura Costa (Celso).

Da esquerda para a direita, em pé: Benedicto, Almir, Ariel, Nilo,
Moura Costa, Rodrigues e Affonso; agachados: Álvaro,
Carvalho Leite, Canalli e Victor
(imagem: revista 'Careta')

Segue mais uma formação do Botafogo em 1932, que, no entanto, não nos foi possível identificar em que partida interveio.

(Imagem: A Noite)

Derrotando a 02/10/1932 o Bonsucesso F.C. por 5 a 4, no campo deste, o Botafogo conquistava por antecipação o título de campeão carioca daquele ano, gols de Nilo (4) e Paulinho para o Glorioso, que formou assim: Victor, Benedicto e Rodrigues; Ariel, Martim e Canalli; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite (Almir), Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Rodrigues, Victor, Benedicto, Canalli,
Paulinho, Carvalho Leite, Ariel, Nilo, Martim, Celso e Álvaro
(imagem: Revista da Semana)

Concluímos com mais uma imagem do Botafogo, já campeão carioca, que derrotou a equipe do Andarahy A.C.  por 2 a 0, em General Severiano, a 16/10/1932, na despedida da competição, gols de Paulinho e Carvalho Leite, formando assim: Victor, Rogério e Rodrigues; Affonso, Martim e Canalli; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Victor, Carvalho Leite, Canalli, Martim,
Rogério, Álvaro, Paulinho, Rodrigues, Almir, Ariel, Nilo, Affonso e Celso

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Botafogo e Barcelona empataram em Guayaquil: 1 a 1

por Claudio Falcão


Ao jogar na noite desta quinta-feira em Guayaquil, Botafogo e Barcelona (EQU) ficaram no empate em 1 a 1.

Com uma boa atuação do Alvinegro, talvez a melhor dele na competição, até o momento, perdendo claras oportunidades de gol, a começar por um pênalti desperdiçado por Camilo aos dois minutos do primeiro tempo, alcançou o empate através de Sassá, também em cobrança de penalidade máxima, a poucos minutos do final do jogo.

Assim o Glorioso manteve-se na liderança do seu grupo na Copa Libertadores da América de 2017.

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 1 x 1 BARCELONA S.C. (EQU)
Data: 20/04/2017
Local: Estádio Monumental, Guayaquil (Equador)
Árbitro: Jesús Valenzuela Sáez (VEN)
Renda e Público: não divulgados
Gols: Alemán, aos 31’ (1º tempo) e Sassá (pênalti), aos 43’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Emerson Silva, Bruno Silva e João Paulo (Botafogo); Mena, Pineida e Arreaga (Barcelona)
Cartão vermelho: Mena, aos 34’ (2º tempo)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson (Fernandes), Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso (Guilherme), Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Barcelona: Banguera, Velasco, Aimar, Mena e Pineida; Gabriel Marques, Calderón, Esterilla, Caicedo (Ayoví) e Alemán (Ariel Nahuelpán); Álvez (Arreaga). Técnico: Guillermo Almada

[Fontes: Lance! e Extra.]

domingo, 16 de abril de 2017

Títulos do Botafogo no Voleibol Adulto Feminino

pesquisa de Claudio Falcão

Atletas do primeiro título: Campeonato Carioca 1939
(imagem: Boletim do Botafogo)

Segue a relação atualizada dos títulos conquistados pelo Botafogo no voleibol adulto feminino.

COMPETIÇÕES OFICIAIS:

CAMPEONATO CARIOCA/ESTADUAL [8] – 1939-1940 (bi), 1946-1947-1948 (tri), 1950, 1964, 1995

TORNEIO DE APRESENTAÇÃO DO CAMPEONATO CARIOCA [6] – 1940, 1945, 1948-1949 (bi), 1965-1966 (bi)

TORNEIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO [1] – 1948

COPA RIO [1] – 2015

Comemoração da conquista mais recente: Copa Rio 2015
(imagem: site oficial do Botafogo F.R.)

EXTRAS:

JOGOS ABERTOS DE CAMBUQUIRA [2] – 1948, 1961

JOGOS DA PRIMAVERA [2] – 1962, 1976

Nota: leia mais em http://datafogo.blogspot.com.br/2010/03/o-botafogo-no-voleibol-adulto-feminino.html.

[Fontes: ‘Grandes Clubes Brasileiros’ – Botafogo (1972); Revista Botafogo  Boletim Informativo do BFR e Jornal dos Sports.]

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Vitória do Botafogo sobre o Atlético Nacional pela Libertadores

por Claudio Falcão


Jogando na noite desta quinta-feira em Medellín, o Botafogo derrotou por 2 a 0 o Atlético Nacional (COL), gols de Camilo e Guilherme, pela Copa Libertadores da América, mantendo-se na liderança do grupo 1 juntamente com seu próximo adversário, o Barcelona (EQU).

Foi uma boa vitória do Alvinegro sobre o atual campeão da mais importante competição do nosso continente, ainda mais com os desfalques de dois importantes jogadores titulares, Aírton e Montillo, por contusão.

(Imagem: site oficial do C. Atlético Nacional)

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 0 C. ATLÉTICO NACIONAL (COL)
Data: 13/04/2017
Local: Estádio Atanasio Girardot, Medellín (Colômbia)
Árbitro: Ulises Mereles (PAR)
Renda: não divulgada / Público: 40.638 presentes
Gols: Camilo, aos 38’ (1º tempo) e Guilherme, aos 47’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Gatito Fernández, Emerson e Sassá (Botafogo); Macnelly Torres (Atlético Nacional)
Botafogo: Gatito Fernández, Emerson, Joel Carli (capitão), Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo (Fernandes); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Sassá). Técnico: Jair Ventura
Atlético Nacional: Armani, Bocanegra, Nájera (Dájome), Henríquez e Díaz; Arias, Bernal (Ramírez) e Macnelly Torres; Dayro Moreno (Mosquera), Ibargüen e Ruiz. Técnico: Reinaldo Rueda

[Fontes: Lance! e Extra.]

sábado, 8 de abril de 2017

O Botafogo na Superliga B de Voleibol Masculino 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Ainda não foi desta vez que o Botafogo conseguiu sua classificação para a Superliga de Voleibol Masculino. Jogando neste sábado no ginásio da Hebraica (Laranjeiras – Rio de Janeiro), o Alvinegro foi derrotado por 3 sets a 1 pelo SESC/RJ, dando adeus ao título da Superliga B de 2017.

Nova oportunidade deverá acontecer no próximo mês de setembro, quando ocorrerá a disputa da Taça Ouro, cujo campeão terá acesso à Superliga 2017/2018.

Resultados do Botafogo:

Primeira fase

07/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 ASPMA/Araucária/Berneck (PR) (26x24, 25x22 e 25x14)
14/01 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 0 Botafogo (25x20, 32x30 e 25x16)
21/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 1 x 3 APAN/Barão/Blumenau (SC) (20x25, 25x15, 20x25 e 26x28)
28/01 – Dom Bosco (Campo Grande – MS) – Rádio Clube/AVP (MS) 0 x 3 Botafogo (17x25, 14x25 e 16x25)
04/02 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 2 x 3 Jaó/Universo (GO) (18x25, 25x21, 23x25, 29x27 e 9x15)
11/02 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 22x25, 25x20 e 25x13)
04/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 Alfa/Montecristo/Teuto (GO) (25x17, 25x23 e 29x27)
11/03 – Arena Minas (Belo Horizonte – MG) – Uberlândia Gabarito 0 x 3 Botafogo (18x25, 20x25 e 17x25)

Obs.: O Botafogo classificou-se em 4º lugar nesta fase, com 13 pontos ganhos.

Quartas de final

19/03 – Ginásio da AABB (Brasília – DF) – UPIS (DF) 3 x 2 Botafogo (25x17, 25x19, 29x31, 25x27 e 15x8)
25/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x22, 25x15 e 25x17)
27/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x21, 25x22 e 25x15)

Semifinais

01/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 0 x 3 SESC/RJ (21x25, 22x25 e 16x25)
08/04 – Ginásio da Hebraica (Laranjeiras) – SESC/RJ 3 x 1 Botafogo (25x19, 23x25, 25x20 e 25x22)

Elenco:

1 – Maurício Inácio da Cunha Júnior (capitão)
2 – Filipe Stolberg Teixeira de Carvalho (líbero)
3 – Paulo Vítor Valente Vasquez de Oliveira
4 – Gustavo Heidrich
5 – Sílvio Sátiro dos Santos
6 – Pedro Vítor Tavares de Andrade (Pedrinho)
7 – Eduardo Genehr Luchese
8 – Alex Henrique Veras Damião
9 – Renan Fernando Martins Ribeiro
10 – Pedro Henrique Gomes da Silva (Pedrão)
11 – Felipe Gomes Terra
12 – Danilo Cruz de Carvalho (Danilão)
13 – Vítor Santos Gelli Dias
14 – Legran (“James”) Sizervincio Machado
15 – Filipi Rodrigues
16 – João Vítor Redin Bringmann
17 – Rogério Lintz Leite Medeiros Nogueira (Mineiro)
18 – Najari Fernandes Oliveira
19 – Symon Thales Silva de Lima
20 – Tiago Felipe Windmoller

Técnico: Mauro Lima.

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBV.]

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1931

pesquisa de Claudio Falcão

Iniciamos com a equipe do Botafogo que a 12/04/1931 goleou por 5 a 1, em General Severiano, o C.R. Flamengo, pelo primeiro turno do campeonato carioca, marcando Carvalho Leite (4) e Paulinho para o Alvinegro: Germano, Benedicto e Octacílio; Canalli, Martim e Pamplona; Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

A seguir temos o quadro do Glorioso que a 06/05/1931, ao aplicar em General Severiano uma goleada de 7 a 1 sobre o S.C. Corinthians Paulista, conquistou a Copa dos Campeões Rio-São Paulo, tendo os gols do Botafogo sido assinalados por Nilo (4), Carvalho Leite (2) e Paulinho: Pedrosa, Benedicto e Octacílio; Pamplona, Martim e Canalli; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita: Celso, Octacílio, Nilo, Pamplona,
Álvaro (não jogou), Paulinho, Ariza, Benedicto, Canalli,
Martim, Carvalho Leite e Pedrosa

(Imagem: revista 'Careta')

Adiante temos a imagem da equipe do Alvinegro carioca que enfrentou a Seleção Paranaense, a 22/07/1931, também em General Severiano: Germano (Victor), Pennaforte e Rodrigues; Affonso, Ariel (Rogério) e Canalli; Álvaro, Miro, Carola, Vadinho (Almir) e Celso. Nota: os jogadores Pennaforte, Miro e Carola eram filiados ao América F.C. (RJ).

(Imagem: revista 'Careta')

E agora a formação do Botafogo que a 01/11/1931 derrotou por 1 a 0 o América F.C., no campo deste, pelo segundo turno do campeonato carioca, com um gol de Celso: Victor, Benedicto e Rodrigues; Canalli, Martim e Ariel; Ariza, Almir, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

sábado, 1 de abril de 2017

Botafogo Campeão da Copa Next de Futebol Sub-17 de 2017

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Tendo lugar nas dependências do CFZ (Recreio dos Bandeirantes – Rio de Janeiro), foi disputada a I Copa Next Sub-17, e a garotada do Botafogo nascida em 2001, ou seja, em seu primeiro ano na categoria, conquistou o título, ao derrotar na manhã deste sábado o Fluminense F.C. por 1 a 0, reabilitando-se da derrota sofrida na estreia da competição.

Resultados:

Grupo B
29/03 – Botafogo 0 x 4 Fluminense F.C. (RJ)
30/03 – Botafogo 4 x 1 Boavista S.C. (RJ)
31/03 – Botafogo 1 x 0 Cruzeiro E.C. (MG)

Semifinal
31/03 – Botafogo 2 x 2 C.R. Vasco da Gama – nos pênaltis: Botafogo 4 a 3

Final
01/04 – Botafogo 1 x 0 Fluminense F.C. (RJ)
Gol: Pedro Lucas.

Técnico campeão: Thiago Aprígio.

[Fontes: site oficial do Botafogo F.R. e https://www.facebook.com/NextAcademyBrasil/.]

quarta-feira, 29 de março de 2017

Algumas Formações do Botafogo em 1930

pesquisa de Claudio Falcão

De início, temos a equipe que derrotou por 3 a 2 o Sport C. Juiz de Fora, em partida amistosa, a 30/03/1930, marcando Carvalho Leite, Benedicto e Celso para o Botafogo: Avino, Teté (Canalli) e Orlando; Burlamaqui, Martim e Rogério; Ariza, Paulo, Benedicto, Carvalho Leite (Marcelino) e Celso.

(Imagem: A Noite)

A seguir, a representação do Alvinegro que venceu por 3 a 2 o Fluminense F.C., em General Severiano, pelo primeiro turno do campeonato carioca, a 14/09/1930, tendo marcado Paulinho, Carvalho Leite e Nilo para o Botafogo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho (Alkindar), Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Octacílio, Germano, Pamplona,
Burlamaqui, Loureiro e Martim; agachados: Ariza, Benedicto,
Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso
(imagem: Correio da Manhã)

Jogando em General Severiano a 12/10/1930, o Botafogo derrotou o América F.C. por 5 a 2, gols de Paulinho (2), Martim, Celso e Ariza para as nossas cores, formando assim: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

(Imagem: revista 'Careta')

Agora temos a equipe do Glorioso que venceu a 19/10/1930, em casa, o C.R. Flamengo por 2 a 0, com dois gols de Nilo: Germano, Benedicto e Octacílio; Burlamaqui, Martim e Pamplona; Ariza, Alkindar, Carvalho Leite, Nilo e Celso.


Da esquerda para a direita, em pé: Pamplona, Benedicto, Germano,
Burlamaqui e Octacílio; agachados: Ariza, Alkindar, Carvalho Leite,
Nilo e Celso, faltando Martim
(imagem: revista 'Careta')

E adiante, a formação do Botafogo, campeão carioca de 1930, que empatou em 2 a 2, a 07/12/1930, com o Fluminense F.C., gols de Nilo e Celso para o Glorioso: Germano, Benedicto e Orlando; Burlamaqui, Martim e Pamplona (Canalli); Ariza (Álvaro), Paulinho, Carvalho Leite, Nilo e Celso.

Da esquerda para a direita, em pé: Burlamaqui, Orlando, Martim,
Canalli e Pamplona; agachados: Paulinho, Carvalho Leite, Nilo,
Celso e Germano, não aparecendo na foto Benedicto e Ariza
(imagem: revista 'Careta')

quarta-feira, 22 de março de 2017

Duas Formações do Botafogo em 1929

pesquisa de Claudio Falcão

Em partida amistosa, disputada a 17/03/1929 no estádio do Fluminense F.C., o Botafogo enfrentou o Palestra Itália (atual S.E. Palmeiras-SP) com a seguinte equipe: Amado, Octacílio e Orlando; Rogério, Aguiar (Cícero) e Pamplona, Ariza, Benedicto, Luiz de Carvalho, Almir e Juca.

Equipe que enfrentou o Palestra Itália (o jogador assinalado é Juca)
(imagem: O Globo Sportivo) 

Em outro jogo amistoso, desta vez realizado no Parque São Jorge (São Paulo), contra o S.C. Corinthians Paulista, a 14/04/1929, o Alvinegro carioca atuou com: Pessoa, Octacílio e Rogério; Cotia, Aguiar e Pamplona; Ariza, Benedicto (Almir), Luiz de Carvalho, Nilo e Celso.

(Imagem: O Paiz)

domingo, 19 de março de 2017

Botafogo Bicampeão Brasileiro de Remo em Barcos Curtos

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Em competição realizada desde a última quinta-feira, 16 de março, com as finais na manhã deste domingo, na raia olímpica da USP (São Paulo), o Botafogo conquistou o bicampeonato brasileiro de remo em barcos curtos, totalizando 244 pontos na disputa deste ano.

Medalhas de ouro conquistadas por guarnições botafoguenses:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Uncas Tales Batista – 07’45”04
- Single Skiff Sub-23 Masculino – Lucas Verthein Ferreira – 07’39”14
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’30”40
- Dois Sem Sênior Feminino – Nathalia Pereira Barbosa e Dayane Pacheco dos Santos – 08’14”43

Medalhas de prata:

- Single Skiff Júnior B Feminino – Thalita Rosa Soares – 04’23”44
- Single Skiff Júnior Feminino – Isabela Constanza Ibeas – 09’10”55
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Feminino – Carla Carolina Santos Silva – 08’55”89
- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Fellipe Reyson de Souza Xavier – 07’47”02
- Single Skiff Peso Leve Masculino – Uncas Tales Batista – 07’32”31
- Dois Sem Peso Leve Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição) – 07’10”83
- Single Skiff Sênior Masculino – Fábio José Santana Moreira – 07’42”89
- Dois Sem Sênior Masculino – Marciel Morais Souza (integrante da guarnição ) – 07’18”22

Medalhas de bronze:

- Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino – Heitor dos Santos Araújo – 07’47”77
- Single Skiff Sub-23 Feminino – Bárbara Deuschle dos Santos – 09’12”70
- Single Skiff Sênior Masculino – Evaldo Mathias Becker Morais – 07’43”38

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBR.]