quarta-feira, 27 de abril de 2016

O 'Mestre' Didi

pesquisa de Pedro Varanda; texto e notas: pesquisa de Claudio Falcão

(Imagem: Revista do Esporte)

Seu nome era Waldir Pereira, tendo nascido em Campos dos Goytacazes (RJ) a 8 de outubro de 1928 e falecido no Rio de Janeiro (RJ) a 12 de maio de 2001.

Didi veio para o Botafogo em 1956, tendo seu ‘passe’ sido adquirido ao Fluminense F.C., em 1º de março daquele ano, pela quantia de Cr$1.757.000,00 (moeda da época).

Clássico jogador de meio-campo, foi bicampeão mundial pela seleção brasileira, em 1958-1962, em ambas as ocasiões como atleta do Glorioso.

Estreia no Botafogo:

11/03/1956 – Botafogo 2 x 2 Americano F.C., amistoso, em Campos dos Goytacazes.
Botafogo: Pereyra Natero, Domício e Nílton Santos; Orlando Maia, Bob (Juvenal) e Pampolini; Garrincha, João Carlos (Gato), Alarcón (Mário), Didi e Rodrigues (Quarentinha). Gols: João Carlos e Didi (Botafogo); Marreca e Jorge Ramos (Americano).

Despedida do Botafogo:

24/02/1965 – Botafogo 3 x 0 Monterrey (MÉX), amistoso, em Monterrey.
Botafogo: Hélio Dias (Lalá), Mura, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Élton e Gérson; Jairzinho, Bianchini (Adevaldo), Didi (Sicupira) e Roberto (Zagallo). Gols: Didi, Gérson e Élton.

COMPETIÇÕES
JOGOS
GOLS
Amistosos e Torneios (1956 a 1962 e 1964 a 1965)
167
43
Campeonato Carioca (1956 a 1958, 1960 a 1962 e 1964)
119
60
Torneio Rio-São Paulo (1957 a 1959 e 1961 a 1962)
28
13
TOTAL
314
116

TÍTULOS (pelo Botafogo):
Campeonato Carioca (1957, 1961-1962).
Torneio Internacional da Costa Rica (1961).
Torneio Pentagonal do México (1962).
Torneio Rio-São Paulo (1962).

SELEÇÃO BRASILEIRA PRINCIPAL (1956 a 1962, PERÍODO DO BOTAFOGO F.R.):
Estreia – 01/04/1956 – Brasil 2 x 0 Seleção de Pernambuco, amistoso, em Recife.
Jogos – 53.
Gols – 18.

Notas: 1) Foi negociado pelo Botafogo com o Real Madrid (ESP), a 23/07/1959, por 80.000 dólares (quantia ínfima, em comparação aos valores atualmente envolvidos em transações de jogadores da categoria de Didi); 2) Recontratado pelo Botafogo em agosto/1960, por 27.000 dólares (não teria se adaptado ao futebol espanhol...); 3) Em 30/08/1962 embarcou para Lima (PER) para ser técnico do Sporting Cristal; 4) Retornou ao Botafogo em agosto/1964, atuando como jogador pelo Alvinegro carioca até fevereiro/1965; 5) No mesmo mês assinou contrato com o Veracruz (MÉX), tendo lá atuado como jogador e técnico; 6) Mais uma vez de volta ao Brasil, transferiu-se em setembro/1966 para o São Paulo F.C., onde estreou como jogador no mês seguinte.

[Fontes para o texto e notas: A Noite, Correio da Manhã, Diário da Noite, Diário de Notícias, Jornal do Brasil, O Globo e Última Hora.]

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Jogadores do Botafogo transferidos para o Futebol Europeu

pesquisa de Claudio Falcão

Bruno Siciliano com o uniforme
do Juventus (ITA) 
– 1963
(foto: Diário de Notícias)

Em janeiro/2014 foi feita aqui no DataFogo uma postagem sobre os jogadores botafoguenses que até então haviam sido transferidos para o futebol italiano (*).

Agora a pesquisa abrange os futebolistas do Glorioso negociados para clubes de toda a Europa.

Leiam adiante:

Canalli – Heitor Canalli, médio-esquerdo (em agosto/1933) – Torino (ITA); retornou ao Brasil no ano seguinte.

Dino – Dino da Costa, meia-direita (em julho/1955) – Roma (ITA).

Vinícius ‘Leão’ – Luís Vinícius de Menezes, atacante (em julho/1955) – Napoli (ITA).

Didi – Waldir Pereira, meio-campo (em julho/1959) – Real Madrid (ESP); recontratado pelo Botafogo em agosto/1960.

Bruno – Bruno Carlo Siciliano, atacante (em agosto/1960) – Juventus (ITA); emprestado em seguida ao Lanerossi Vicenza.

Chicão – Francisco Amâncio dos Santos, lateral-esquerdo (em janeiro/1962) – Valencia (ESP).

China – José Ricardo da Silva, atacante (em agosto/1962) – Sampdoria (ITA).

Amarildo – Amarildo Tavares da Silveira, atacante (em julho/1963) – Milan (ITA). Leiam mais sobre Amarildo em  http://datafogo.blogspot.com.br/2012/02/amarildo-o-possesso.html.

Jairzinho – Jair Ventura Filho, atacante (em outubro/1974) – Olympique de Marseille (FRA). Leiam mais sobre Jairzinho em http://datafogo.blogspot.com.br/2015/03/jairzinho-o-furacao.html.

Baltazar – Baltazar Maria de Morais Júnior, atacante (em agosto/1985) – Celta de Vigo (ESP). Leiam mais sobre Baltazar em http://datafogo.blogspot.com.br/2014/05/jogadores-goianos-no-botafogo.html.

Alemão – Ricardo Rogério de Brito, meio-campo (em março/1987) – Atlético de Madrid (ESP); depois negociado com o Napoli (ITA) em 1988. Leiam mais sobre Alemão em http://datafogo.blogspot.com.br/2011/04/alemao-um-meio-campo-de-selecao.html.

Josimar – Josimar Higino Pereira, lateral-direito (em fevereiro/1988) – Sevilla (ESP), por empréstimo (retornou após quatro meses). Leiam mais sobre Josimar em http://datafogo.blogspot.com.br/2011/04/o-lateral-josimar.html.

Djair – Djair Kaye de Brito, meio-campo (em janeiro/1992) – St. Gallen (SUI); depois transferiu-se para o Lazio (ITA).

Beto – Joubert Araújo Martins, meio-campo (em junho/1996) – Napoli (ITA).

Souza – Valtemir Teles de Souza, meio-campo (em dezembro/1996) – Sporting Gijón (ESP), por empréstimo de 1 ano. Leiam mais sobre Souza em http://datafogo.blogspot.com.br/2014/08/jogadores-baianos-no-botafogo.html.

Sandro – Sandro Barbosa Carneiro da Cunha, zagueiro (em julho/2004) – Belenenses (POR). Leiam mais sobre Sandro em http://datafogo.blogspot.com.br/2014/04/jogadores-pernambucanos-no-botafogo.html.

Maicosuel – Maicosuel Reginaldo de Matos, meia-atacante (em julho/2012) – Udinese (ITA); depois transferiu-se para o Atlético Mineiro.

Jádson – Jádson Alves dos Santos, volante (em julho/2013) – Udinese (ITA); atualmente vinculado ao Atlético Paranaense.

Vitinho – Victor Vinícius Coelho dos Santos, atacante (em agosto/2013) – CSKA (RUS); atualmente no S.C. Internacional (RS).

Octavio – Octavio Merlo Manteca, meio-campo (em julho/2014) – Fiorentina (ITA), por empréstimo (até julho/2015); acha-se incorporado ao elenco profissional do Botafogo.

Dória – Matheus Dória Macedo, zagueiro (em setembro/2014) – Olympique de Marseille (FRA); atualmente emprestado ao Granada (ESP).

Gilberto – Gilberto Moraes Júnior, lateral-direito (em julho/2015) – Fiorentina (ITA); está emprestado ao Hellas Verona (ITA).


Obs.: 1) O meio-campo Elói rescindiu seu contrato com o Botafogo em outubro/1985 e negociou sua ida para o Porto (POR); 2) O goleiro Jefferson estava emprestado ao Botafogo, quando em junho/2005 transferiu-se para o Trabzonspor (TUR) e posteriormente para o Konyaspor (TUR), tendo retornado em definitivo ao Glorioso em agosto/2009; 3) O goleiro Júlio César encerrou o seu vínculo com o Botafogo no final de 2007, acertando o seu ingresso no Belenenses (POR) em 2008; 4) Maicosuel estava emprestado ao Botafogo em 2009, quando foi negociado com o Hoffenheim (ALE), após o Campeonato Estadual, tendo retornado ao Alvinegro carioca em julho/2010; 5) Sandro Silva estava emprestado ao Botafogo, quando foi negociado com o Málaga (ESP) em julho/2010.

sábado, 16 de abril de 2016

Botafogo Campeão da Taça Guanabara de Futebol Júnior 2016

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Jogando neste sábado em Caio Martins, a equipe Sub-20 do Botafogo foi derrotada pelo Fluminense por 2 a 1, o que levou a decisão do título para os pênaltis, na qual o Alvinegro sagrou-se campeão da Taça Guanabara da categoria, ao derrotar o Tricolor por 3 a 0, com Victor Hugo, goleiro do Botafogo, defendendo duas penalidades.

Segue a campanha do Glorioso:

Fase de classificação:

30/01 – Bangu A.C. 0 x 6 Botafogo
Gols: Renan Gorne (3), Yuri, Alison e Lucas Campos.
04/02 – Botafogo 2 x 0 A.A. Portuguesa
Gols: Mateus Jorge e Victor Hugo (contra).
10/02 – Botafogo 1 x 0 Macaé E.F.C.
Gol: Yuri.
13/02 – Resende F.C.1 x 6 Botafogo
Gols do Botafogo: Yuri (2), Buchecha, Jordan, Lucas Campos e Alison.
20/02 – Botafogo 6 x 1 A.D. Cabofriense
Gols do Botafogo: Renan Gorne (2), Lucas Campos (2), Yuri e Jordan.
24/02 – Botafogo 1 x 1 Fluminense F.C.
Gol do Botafogo: Lucas Campos.
29/02 – C.R. Vasco da Gama 1 x 1 Botafogo
Gol do Botafogo: Marcelo.
05/03 – Boavista S.C. 1 x 3 Botafogo
Gols do Botafogo: Buchecha, Jordan e Lucas Campos.
09/03 – Botafogo 2 x 0 Volta Redonda F.C.
Gols: Yuri e Marcelo.
13/03 – E.C. Tigres do Brasil 1 x 1 Botafogo
Gol do Botafogo: Renan Gorne.
16/03 – Botafogo 4 x 0 Madureira E.C.
Gols: Lucas Campos (2), Marcelo e Renan Gorne.
19/03 – C.R. Flamengo 1 x 2 Botafogo
Gols do Botafogo: Matheus Fernandes e Renan Gorne.
23/03 – Botafogo 3 x 0 Bonsucesso F.C.
Gols: Renan Gorne (2) e Mateus Jorge.
26/03 – Friburguense A.C. 0 x 2 Botafogo
Gols: Lucas Campos e Renan Gorne.
30/03 – Botafogo 1 x 0 América F.C.
Gol: Igor Cássio.

Semifinais:

02/04 – Gávea – C.R. Flamengo 1 x 2 Botafogo
Gols do Botafogo: Hugo (contra) e Lucas Campos.
Botafogo: Victor Hugo, Fernando (Amílcar), Marcelo, Helerson e Victor Lindenberg; Matheus Fernandes (Mateus Jorge), Jordan, Buchecha e Alison; Lucas Campos (Rickson) e Renan Gorne.

06/04 – Caio Martins – Botafogo 1 x 1 C.R. Flamengo
Gol do Botafogo: Renan Gorne.
Botafogo: Victor Hugo, Fernando, Marcelo, Helerson e Victor Lindenberg; Buchecha, Matheus Fernandes (Amílcar), Jordan e Alison (Mateus Jorge); Lucas Campos (Rickson) e Renan Gorne.

Finais:

09/04 – Laranjeiras – Fluminense F.C. 1 x 2 Botafogo
Gols do Botafogo: Alison e Buchecha (de pênalti).
Botafogo: Victor Hugo, Fernando, Marcelo, Helerson e Victor Lindenberg; Matheus Fernandes (Rickson), Buchecha, Jordan e Alison (Mateus Jorge); Lucas Campos (Amílcar) e Renan Gorne.

16/04 – Caio Martins – Botafogo 1 x 2 Fluminense F.C. – nos pênaltis: Botafogo 3 x 0
Gol do Botafogo (tempo regulamentar): Renan Gorne.
Botafogo: Victor Hugo, Fernando, Marcelo, Helerson e Victor Lindenberg; Buchecha, Jordan (Rickson), Alison e Yuri (Mateus Jorge); Lucas Campos (Amílcar) e Renan Gorne.

Técnico campeão: Eduardo Barroca.

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da FFERJ.]

domingo, 10 de abril de 2016

Botafogo Campeão do Troféu Brasil de Polo Aquático 2016

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Dia de glórias para o Clube da Estrela Solitária!

O Botafogo, vencedor da Superliga de 2015, também conquistou neste domingo o título do Troféu Brasil de Polo Aquático Adulto Masculino, ao derrotar no parque aquático do Mourisco Mar a equipe da ABDA (Associação Bauruense de Desportos Aquáticos-SP) pelo placar de 15 a 7.

Assim ocorreu esta conquista invicta do Alvinegro:

Fase de classificação:
08/04 – Mourisco Mar – Botafogo A 13 x 2 Iate Clube de Brasília
Gols: Luís Ricardo Silva (Botafogo) marcou 4 gols.

09/04 – Mourisco Mar – Botafogo A 17 x 5 Botafogo B
Gols do Botafogo A: Luís Ricardo Silva (5), Felipe Martins (3), Matheus Crivella (2), Henrique Moniz (2), Guilherme Almeida (2), Bernardo Gomes, Kiko Perrone e Bernardo Almeida.

09/04 – Mourisco Mar – Botafogo A 16 x 4 ABDA (Bauru-SP)
Gols do Botafogo: Kiko Perrone (4), Luís Ricardo Silva (3), Bernardo Gomes (3), Guilherme Gomes (2), Jonas Crivella, Paulo Salemi, Henrique Moniz e Felipe Martins.

Final:
10/04 – Mourisco Mar – Botafogo A 15 x 7 ABDA (Bauru-SP)
Gols do Botafogo: Guilherme Gomes (4), Henrique Moniz (3), Luís Ricardo Silva (2), Jonas Crivella (2), Bernardo Gomes, Paulo Salemi, Felipe Martins e Matheus Crivella.
Completaram a equipe: Slobodan Soro (melhor goleiro da competição), Kiko Perrone, Guilherme Almeida, William Nascimento e João Felipe Coelho (capitão).

Técnico campeão: Ângelo Coelho.

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBDA.]

Botafogo Campeão Brasileiro de Remo em Barcos Curtos

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: site oficial do Botafogo F.R.)

Em competição realizada desde o dia 7 de abril na raia de remo da USP (São Paulo), o Botafogo conquistou neste domingo mais um título nacional neste esporte: o Campeonato Brasileiro de Barcos Curtos.

Em 16 provas, o Alvinegro subiu 9 vezes ao topo do pódio!

Estas foram as principais colocações das guarnições alvinegras nas provas finais:

Single Skiff Júnior B Feminino:
1º lugar – Isabella Constanza Ibeas

Single Skiff Júnior B Masculino:
1º lugar – Luiz Felipe Faria

Single Skiff Júnior A Masculino:
1º lugar – Lucas Verthein Ferreira

Dois Sem Júnior A Masculino:
1º lugar – Daniel Afonso Kelly da Silva e Bernardo Tim Boggian

Single Skiff Peso Leve Sub-23 Masculino:
1º lugar – Uncas Tales Batista
2º lugar – Fellipe Reyson de Souza Xavier

Single Skiff Sub-23 Feminino:
1º lugar – Camila Serrão Cunha

Single Skiff Sub-23 Masculino:
1º lugar – Lucas Verthein Ferreira

Single Skiff Peso Leve Feminino:
3º lugar – Isabella Constanza Ibeas

Dois Sem Sênior Feminino:
1º lugar – Nathalia Pereira Barbosa e Camila Serrão Cunha

Single Skiff Sênior Masculino:
1º lugar – Aílson Eráclito da Silva
2º lugar – Emanuel Dantas Borges
3º lugar – Fábio José Santana Moreira

[Fontes: sites oficiais do Botafogo F.R. e da CBR.]

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Goleiros do Botafogo no Amadorismo

pesquisa de Claudio Falcão

Germano Boettcher Sobrinho

Também na época do amadorismo o Botafogo teve grandes arqueiros.

Como exemplo, Victor ‘Gatinho’ foi campeão da Copa Rio Branco pela seleção brasileira em 1932 e Germano e Pedrosa representaram o Glorioso na Copa do Mundo de 1934 (Itália).

A seguir, vejam a relação dos goleiros que atuaram pelo Alvinegro carioca, no período do amadorismo (em nosso caso, até 1934):

Álvaro – Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck (1905-1909; 1912-1913)
Coggin – Ernest Harold Coggin (1907-1911)
Baena – Othon de Figueiredo Baena (1910)
César – César Gonçalves (1910-1912; 1915)
Baby Alvarenga – Alberto Alvarenga (1911; 1913-1914)
Ápio – Ápio de Souza Paranhos (1914)
Hydarnés – Hydarnés Cintra Vidal (1915)
Homero – Homero Borges da Fonseca (1916)
Cyro – Cyro dos Santos Werneck (1916)
Abreu – Jorge Cunha da Gama e Abreu (1916-1919)
Casusa – Carlos de Freitas Lima (1917-1919)
Santa Maria – Oscar Santa Maria Pereira (1919-1920)
Oliveira – Augusto Oliveira (1919-1922)
Haroldo – Haroldo Joppert Filho (1921-1922)
Almir – Almir Afonso Brandão Maciel (1922; 1925)
Casemiro – Casemiro Santa Maria Pereira (1923)
Varela – Miguel Varela (1923)
Clóvis – Clóvis Soares Dutra (1923-1924; 1927-1928)
Baby – Álvaro Burgos Carneiro de Campos (1924-1925; 1927-1929)
Pessoa – Renato da Silva Pessoa (1925-1926; 1928-1929)
Ribas – Oswaldo da Rocha Ribas (1925-1926)
Moraes – João Moraes (1926)
Neiva – Vicente Neiva Filho (1926-1928)
Foca – Luiz Guimarães (1928-1929)
Amado – Amado Benigno (1928-1929) – vinculado ao C.R. Flamengo
Germano – Germano Boettcher Sobrinho (1929-1931; 1933-1934)
Avino – Januário Avino (1930)
Pedrosa – Roberto Gomes Pedrosa (1931-1934)
Sylvio – Sylvio Corrêa Pacheco (1931) – vinculado ao América F.C. (RJ)
Victor ‘Gatinho’ – Victor Corrêa Gonçalves (1931-1935*)
Gaguinho – Carlos Moura Costa (1934)
Gustavo – Gustavo Henrique Ribeiro de Carvalho (1934)

(*) – Victor ‘Gatinho’, sempre atleta amador, disputou alguns amistosos no início de 1935, porém não disputou o campeonato carioca daquele ano.

Notas: 1) Não foram aqui incluídos jogadores de linha que eventualmente tenham defendido o gol alvinegro, como foram os casos, por exemplo, de Flávio Ramos, Edgard Pullen e Carlito Rocha; 2) Acessem também a postagem ‘Goleiros do Botafogo no Profissionalismo’ em http://datafogo.blogspot.com.br/2011/04/goleiros-do-botafogo-no.html.

[Fontes: ‘O Futebol no Botafogo (1904-1950)’, de Alceu Mendes de Oliveira Castro e http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/hbotafogo.htm.]

domingo, 3 de abril de 2016

Os Jogadores que Mais atuaram pelo Botafogo

pesquisa de Pedro Varanda

Nílton Santos, o líder em
participações (foto de 1962)

Adiante os leitores poderão ver a relação dos dez jogadores que mais atuaram com a camisa do Botafogo, todos ultrapassando 400 partidas.

E verifiquem ainda que são grandes as possibilidades de o goleiro Jefferson terminar o ano de 2016 como o quarto colocado nesta gloriosa listagem.

JOGADORES
PERÍODO
JOGOS
GOLS
1 - Nílton Santos
1948 a 1964
721
11
2 - Garrincha
1953 a 1965
611
243
3 - Waltencir
1967 a 1976
453
6
4 - Manga
1959 a 1968
442
  396*
5 - Carlos Roberto
1967 a 1976
440
15
6 - Quarentinha
1954 a 1964
438
298
7 - Geninho
1940 a 1954
425
115
8 - Jefferson
2003 a 2005 e 2009 a 2016
420
478*
9 - Jairzinho
1962 a 1974 e 1981
412
187
10 - Wagner
1993 a 2002
410
507*
* Gols sofridos.

Nota – Não estão incluídos nesta relação os jogos de Torneio Início, nem partidas da categoria de aspirantes, em que vários destes jogadores competiram:

Nílton Santos, dois jogos pelo aspirante e três partidas pelo Torneio Início.
Garrincha, três jogos pelo aspirante (marcou dois gols) e um jogo pelo Torneio Início de 1956.
Waltencirtrês jogos pelo Torneio Início em 1967 e dois jogos amistosos pelo time reserva em 1976.
Manga, oito jogos pelo aspirante em 1961 e nove partidas pelo Torneio Início (com um gol sofrido) entre 1960 e 1964.
Carlos Roberto, três jogos pelo Torneio Início de 1967 e marcou um gol.
Quarentinha, dez jogos pelo aspirante (marcou dezoito gols) entre 1954 e 1964.
Geninho, sete jogos pelos reservas (marcou três gols) entre 1945 e 1950 e quinze jogos pelo Torneio Início entre 1942 e 1954.
Jairzinho, três jogos pelo Torneio Início de 1963 e marcou um gol.
Wagner, dois jogos de 45 cada (um gol sofrido), em 24/07/1999, pelo Torneio Centenário do Rapid Viena. 

[Atualizado em 02/04/2016.]