quarta-feira, 18 de abril de 2018

Jogadores Estrangeiros conquistando Títulos Oficiais pelo Botafogo

pesquisa de Claudio Falcão

Carli erguendo a taça do Estadual 2018
(foto: Vítor Silva/SS Press/Botafogo)

Desejando todo sucesso com a camisa da Estrela Solitária ao recém-contratado atacante uruguaio Rodrigo Aguirre, segue a relação dos jogadores estrangeiros que conquistaram títulos oficiais no futebol botafoguense, já com o acréscimo do trio campeão estadual de 2018: Gatito, Carli e Valencia.

2018 – Campeonato Estadual – Gatito Fernández (PAR), Joel Carli (ARG) e Leo Valencia (CHI)
2015 – Campeonato Brasileiro Série B – Navarro (URU)
2015 – Taça Guanabara – xxx
2013 – Taça Guanabara, Taça Rio e Campeonato Estadual – Seedorf (SUR/HOL) e Lodeiro (URU)
2012 – Taça Rio – ‘Loco’ Abreu (URU) e Herrera (ARG)
2010 – Taça Guanabara, Taça Rio e Campeonato Estadual – ‘Loco’ Abreu (URU) e Herrera (ARG)
2009 – Taça Guanabara – xxx
2008 – Taça Rio – Castillo (URU), Ferrero (ARG) e Escalada (ARG)
2007 – Taça Rio – xxx
2006 – Campeonato Estadual – xxx
1998 – Torneio Rio-São Paulo – xxx
1997 – Campeonato Estadual – xxx
1996 – Taça Cidade Maravilhosa – xxx
1995 – Campeonato Brasileiro – Niki (URU)
1993 – Copa Conmebol – xxx
1990 – Campeonato Estadual – xxx
1989 – Campeonato Estadual – Varela (URU)
1989 – Taça Rio – xxx
1977 – Torneio Início – xxx
1976 – Taça José Wander Rodrigues Mendes – xxx
1975 – Taça Augusto Pereira da Motta – ‘El Lobo’ Fischer (ARG)
1968 – Taça Brasil – xxx
1968 – Taça Guanabara – xxx
1968 – Campeonato Carioca – xxx
1967 – Torneio Início e Campeonato Carioca – xxx
1967 – Taça Guanabara – xxx
1966 – Torneio Rio-São Paulo – xxx
1964 – Torneio Rio-São Paulo – xxx
1963 – Torneio Início – xxx
1962 – Torneio Início e Campeonato Carioca – xxx
1962 – Torneio Rio-São Paulo – xxx
1961 – Torneio Início e Campeonato Carioca – xxx
1957 – Campeonato Carioca – Cañete (PAR)
1951 – Torneio Municipal – xxx
1948 – Campeonato Carioca – xxx
1947 – Torneio Início – xxx
1938 – Torneio Início – xxx
1935 – Campeonato Carioca – xxx
1934 – Torneio Início e Campeonato Carioca – xxx
1933 – Campeonato Carioca – xxx
1932 – Campeonato Carioca – xxx
1931 – Copa dos Campeões Rio-São Paulo – xxx
1930 – Campeonato Carioca – xxx
1912 – Campeonato Carioca – Edgard Pullen (ING)
1910 – Campeonato Carioca – Edgard Pullen (ING)
1907 – Campeonato Carioca – Millar (ESC)

[Fonte: RSSSF Brasil.]

Nota – Se também levarmos em consideração os campeonatos cariocas de primeiros quadros amadores, tivemos ainda os seguintes campeões:

1944 – Cid (ESP)
1943 – Cid (ESP)
1942 – Cid (ESP) e Cataldo (PAR)

sábado, 14 de abril de 2018

O Botafogo na Superliga B de Voleibol Masculino 2018

pesquisa e texto: Claudio Falcão

(Foto: Gisa Alves - 20/01)

Mais uma vez “a bola ficou na rede”, e o Botafogo não conseguiu o tão sonhado acesso à Superliga A de Voleibol masculino, pois na noite desta quinta-feira o Voleibol Um Itapetininga (SP), ao nos derrotar por 3 sets a 1, fechou a fase semifinal em duas partidas a zero.

Mais patrocinadores chegaram e o elenco foi reforçado do ano passado para este, porém não foi o suficiente para alcançarmos o nosso objetivo.

Ficamos na expectativa de que a Diretoria não desista, pelo contrário, que aumente os investimentos, reforçando ainda mais a equipe, para que no próximo ano possamos lograr o êxito esperado, honrando as tradições do Alvinegro carioca no esporte da rede.

Segue a campanha do Botafogo:

Fase de Classificação

20/01 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 1 S.V. Santo André (SP) (25x22, 21x25, 25x20 e 25x21)

27/01 – Ginásio Ayrton Senna (Itapetininga-SP) – Voleibol Um Itapetininga (SP) 3 x 0 Botafogo (25x23, 25x19 e 25x19)

03/02 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 1 x 3 Vôlei Ribeirão Preto (SP) (20x25, 25x22, 21x25 e 21x25)

17/02 – Sabiazinho/Uberlândia-MG – Uberlândia/Gabarito/Start Química (MG) 0 x 3 Botafogo (22x25, 20x25 e 14x25)

24/02 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 1 Montecristo/Artesanal (GO) (25x27, 25x21, 25x18 e 26x24)

03/03 – AABB (DF) – UPIS (DF) 2 x 3 Botafogo (12x25, 23x25, 26x24, 25x21 e 13x15)

10/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 APAN/Esferatur/Blumenau (SC) (25x23, 25x16 e 25x22)

Obs.: O Botafogo terminou a fase de classificação em 3º lugar com 14 pontos, J – 7 / V – 5 / D – 2 / SP – 16 / SC – 10.

Playoffs – Quartas de Final

17/03 – AABB (DF) – UPIS (DF) 0 x 3 Botafogo (21x25, 21x25 e 16x25)

22/03 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 3 x 0 UPIS (DF) (25x22, 25x17 e 25x20)

Semifinais

07/04 – Ginásio Oscar Zelaya (General Severiano) – Botafogo 1 x 3 Voleibol Um Itapetininga (25x9, 22x25, 19x25 e 25x27)

12/04 – Ginásio Ayrton Senna (Itapetininga-SP) – Voleibol Um Itapetininga (SP) 3 x 1 Botafogo (25x22, 23x25, 25x21 e 25x22)

Elenco:
1 – Thiago de Souza Aranha Duarte
2 – Marcelo Elgarten (Marcelinho)
3 – Eduardo Genehr Luchese
4 – Tiago Felipe Windmoller
5 – Sílvio Sátiro dos Santos
6 – Gustavo Heidrich (Guga)
7 – Mark Dalale Plotyczer
8 – Alex Henrique Veras Damião
9 – Renan Fernando Martins Macedo
10 – Filipe Stolberg Teixeira de Carvalho Barboza
11 – Mário da Silva Pedreira Júnior
12 – Danilo Cruz de Carvalho (Danilão)
13 – Renan Michelucci Moralez
14 – Alberto Pedra Mendes
15 – João Gabriel Jorge Cunha
16 – Jonas Paixão Fidélis (Robinho)
17 –
18 – Vítor Santos Gelli Dias
19 – Willian Reffatti da Costa
20 – Gilmar Maciel Júnior

Técnico: Mauro Curty da Motta Lima.

[Fontes: sites oficiais da CBV e do Botafogo F.R.]

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Botafogo derrotou o Audax Italiano em sua Estreia na Sul-Americana

por Claudio Falcão


Depois de um primeiro tempo ruim, ainda mais devido à precoce saída de Renatinho logo aos 5 minutos, em razão de uma contusão muscular, o Botafogo subiu muito de produção na segunda etapa, o que foi suficiente para construir uma vitória por 2 a 1 sobre o Audax Italiano, sendo o gol da virada marcado por Rodrigo Pimpão aos 45 minutos.

Esta foi a estreia do  Alvinegro carioca na Copa Sul-Americana de 2018, estando a partida de volta marcada para 9 de maio no Estádio Olímpico Nilton Santos.

Ficha Técnica:

BOTAFOGO F.R. 2 x 1 AUDAX C.S. ITALIANO (CHI)
Data: 12/04/2018
Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, Las Condes (Santiago, Chile)
Arbitragem: Andrés Rojas Noguera (COL), auxiliado por Wilmar Navarro e Dionísio Ruíz
Renda: ? / Público: 2.187
Gols: Santos (Audax), aos 41’ (1º tempo); Brenner (Botafogo), aos 27’ e Rodrigo Pimpão (Botafogo), aos 45’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Marcelo, Rodrigo Pimpão e Brenner (Botafogo); Bosso, Díaz e Vásquez (Audax)
Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Ígor Rabello e Gílson; Marcelo, Rodrigo Lindoso (capitão), Renatinho (Matheus Fernandes, depois Marcos Vinícius) e Leo Valencia; Leandro Carvalho (Rodrigo Pimpão) e Brenner. Técnico: Alberto Valentim
Audax Italiano: Peric, Nicolás Fernández, Labrín (Fabián Torres), Manuel Fernández e Bosso; Díaz, Vásquez, Cabrera e Bryan Carrasco; Jeraldino (Abrigo) e Santos (‘Loco’ Abreu). Técnico: Hugo Vilches

[Fontes: Fox Sports e http://www.conmebol.com/.]

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Uma Formação do Botafogo em 1968

pesquisa de Claudio Falcão

Segue a equipe do Botafogo que a 09/06/1968, jogando no Maracanã, obteve uma maiúscula vitória por 4 a 0 sobre o C.R. Vasco da Gama, gols de Roberto, Rogério, Jairzinho e Gérson, o que lhe valeu a conquista do Bicampeonato Carioca: Cao, Moreira, Zé Carlos, Leônidas e Waltencir; Carlos Roberto e Gérson; Rogério, Roberto, Jairzinho e Paulo Cézar.

Da esquerda para a direita, em pé: Moreira, Cao, Zé Carlos,
Leônidas, Carlos Roberto e Waltencir; agachados: Rogério,
Gérson, Roberto, Jairzinho e Paulo Cézar
(imagem: Jornal do Brasil)

domingo, 8 de abril de 2018

Botafogo Campeão Estadual de Futebol de 2018

pesquisa de Claudio Falcão

(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Foi sofrido, bem do ‘jeito Botafogo de ser’, que na noite deste domingo, empurrado por um gol do capitão Joel Carli, marcado aos 49’ do segundo tempo, decretando a vitória de 1 a 0 sobre o Vasco da Gama, o que levou a decisão para as penalidades máximas, o Glorioso derrotou a representação cruzmaltina por 4 a 3, ocasião em que brilhou novamente a estrela do goleiro Gatito Fernández, que defendeu duas cobranças dos nossos adversários.

É o desacreditado Botafogo, campeão estadual do Rio de Janeiro pela 21ª vez!

Fichas técnicas dos jogos decisivos:

SEMIFINAL

BOTAFOGO 1 x 0 FLAMENGO
Data: 28/03/2018
Local: Maracanã
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Wagner de Almeida Santos e Daniel do Espírito Santo Parro
Renda: R$808.855,00 / Público: 28.215 pagantes e 31.888 presentes
Gol: Luiz Fernando, aos 38’ (1º tempo)
Cartões amarelos: Jefferson, Ígor Rabello e Brenner (Botafogo); Jonas e Cuéllar (Flamengo)
Botafogo: Jefferson, Marcinho, Joel Carli, Ígor Rabello e Moisés; Marcelo, Rodrigo Lindoso (capitão), Leo Valencia (Rodrigo Pimpão) e Renatinho (Marcelo Benevenuto); Luiz Fernando e Brenner (Pachu). Técnico: Alberto Valentim
Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo e Éverton; Jonas (Cuéllar), Willian Arão (Geuvânio), Lucas Paquetá (Marlos Moreno) e Diego; Vinícius Júnior e Henrique Dourado. Técnico: Paulo César Carpegiani
[Fontes: http://www.lance.com.br/ e https://www.gazetaesportiva.com/.]

FINAIS

BOTAFOGO 2 x 3 VASCO DA GAMA
Data: 01/04/2018
Local: Estádio Olímpico Nílton Santos (Engenhão)
Arbitragem: Rodrigo Carvalhaes, auxiliado por Wagner de Almeida Santos e Michael Correia
Renda: R$541.370,00 / Público: 16.337 pagantes e 19.117 presentes
Gols: Renatinho, aos 3’, Yago Picachu (2), aos 28’ e aos 30’ e Brenner, aos 44’ (1º tempo); Andrés Ríos, aos 48’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Renatinho, Rodrigo Lindoso e Joel Carli (Botafogo); Fabrício, Wellington, Rafael Galhardo e Andrés Ríos (Vasco da Gama)
Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Ígor Rabello e Moisés; Marcelo, Rodrigo Lindoso (capitão), Leo Valencia (Rodrigo Pimpão) e Renatinho (Marcos Vinícius); Luiz Fernando e Brenner (Kieza). Técnico: Alberto Valentim
Vasco da Gama: Martín Silva, Rafael Galhardo, Paulão, Erazo e Fabrício; Desábato e Wellington; Yago Pikachu, Giovanni Augusto (Paulinho) e Wagner (Thiago Galhardo); Riascos (Andrés Ríos). Técnico: Zé Ricardo

(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

BOTAFOGO 1 (4) x 0 (3) VASCO DA GAMA
Data: 08/04/2018
Local: Maracanã
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Rodrigo Figueiredo H. Corrêa e Thiago Henrique Neto Farinha
Renda: R$2.219.230,00 / Público: 58.135 pagantes e 64.208 presentes
Gol: Joel Carli, aos 49’ (2º tempo)
Cartões amarelos: Marcelo, Rodrigo Pimpão e Leo Valencia (Botafogo); Paulão, Desábato e Werley (Vasco da Gama)
Cartões vermelhos: Fabrício (Vasco da Gama) e Leo Valencia (Botafogo)
Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli (capitão), Ígor Rabello e Moisés (Gílson); Matheus Fernandes, Marcelo (Kieza), Leo Valencia e Renatinho; Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão) e Brenner. Técnico: Alberto Valentim
Vasco da Gama: Martín Silva, Rafael Galhardo (Werley), Paulão, Erazo e Fabrício; Desábato, Evander (Andrés Ríos); Yago Pikachu, Henrique e Wagner; Riascos (Ricardo). Técnico: Zé Ricardo
Obs.: 1) O Botafogo triunfou nos pênaltis por 4 a 3, marcando Brenner, Gílson, Marcinho e Renatinho e perdendo Rodrigo Pimpão, tendo Gatito Fernández defendido duas cobranças dos vascaínos; 2) Botafogo campeão estadual de 2018.
[Fontes: http://www.lance.com.br/ e Rede Globo de Televisão.]